11 de setembro de 2017

CNEN - Elementos de um artigo científico


UFMG - IX Seminário de Arquivologia - 18 a 22 de setembro de 2017

18765937_1346036815474246_5031637688415171184_nEm sua nona edição, o Seminário de Arquivologia (Searq) da Universidade Federal de Minas Gerais acontecerá entre os dias 18 e 22 de setembro deste ano. 

A temática do evento será "Arquivo em Perspectiva" com abordagem em três campos da pesquisa arquivística: arquivos pessoais, fotografia como documento arquivístico e documentos digitais.
Para acompanhar as informações do Seminário, acesse a página do Facebook e o site do evento.
Créditos: Arquivista Hi-Tech

5 de setembro de 2017

Unesp lança livros de ciências, artes e educação para download gratuito








Já estão disponíveis para download gratuito, no site Cultura Acadêmica, 18 novos livros da Coleção Propg-Digital produzidos por docentes, pós-graduandos e pós-graduados da Universidade Estadual Paulista (Unesp). As obras abrangem as áreas de Artes, Ciência da Informação, Ciências da Motricidade, Ciências Sociais, Comunicação, Educação, Estudos Literários, Geografia, História, Letras, Linguística e Psicologia e são frutos da tradicional parceria entre a Pró-Reitoria de Pós-Graduação da Unesp (Propg) e a Fundação Editora da Unesp.

O lançamento aconteceu na noite desta quinta-feira, 22 de junho, durante o I Fórum de Pós-Graduação, que reúne até sexta-feira os 149 coordenadores de programas de pós-graduação da Unesp, no câmpus de Bauru. Na ocasião, o reitor da Unesp Sandro Roberto Valentini destacou que a subvenção da Reitoria à Fundação Editora da Unesp é uma resposta afirmativa à relevância e ao rigor científico do selo Cultura Acadêmica. "Conta com toda a nossa respeitabilidade", disse. "É um orgulho para o reitor ter uma editora desta qualidade."

Para o diretor-presidente da Fundação Editora da Unesp, Jézio Hernani Bomfim Gutierre, não é falsa modéstia se ufanar da Editora Unesp. "Tanto o mercado como a academia internacional reconhecem a Editora Unesp como uma das melhores editoras universitárias: não só em termos de quantidade, publicamos cerca de 200 títulos por ano, mas sobretudo pela qualidade editorial, além de formamos profissionais especializados", relatou. Gutierre lembrou que a publicação de livros é uma preocupação que nasceu praticamente junto com a criação das universidades medievais italianas, no século XI, e que na Inglaterra, no século XVI, Oxford e Cambridge implantaram suas editoras que hoje são as maiores exportadoras do país. A Universidade de Chicago criou sua editora antes mesmo de fundar a universidade. "São exemplos que demonstram a relevância da comunicação científica, que este programa vem atender plenamente. Hoje, temos mais de 20 milhões de downloads em 20 países", informou.

"Além do baixo custo e da visibilidade à produção acadêmica de qualidade, o Programa permite que pesquisadores estejam em sintonia", destacou o pró-reitor de Pós-Graduação da Unesp, João Lima Sant'Anna Neto. Ele lembrou que o livro com mais downloads recentes é justamente um de sua área: Dengue no Brasil.

O Cultura Acadêmica é o segundo selo da Fundação Editora da Unesp (o primeiro é o Editora Unesp), idealizado para atender ao contingente de demandas editoriais dos múltiplos câmpus da Universidade Estadual Paulista. A missão primordial é a de prestar-se a “novas experimentações”, com abertura “a parcerias editoriais com órgãos da direção central da Unesp assim como com suas várias unidades universitárias e cursos de pós-graduação, buscando sempre a qualidade pautada nos conselhos editorias e comissões científicas responsáveis por cada um dos volumes publicados”. 

Ciência da Informação  

Título: A mediação da informação na teoria arquivística Autor: Mariana Lousada - FC - Marília  

Título: Exclusão digital: Discurso e poder sobre a tecnologia da informação
Autor: Cristian Berrio-Zapata e Ricardo César Gonçalves Sant'Anna - FC - Marília    

        
Confira no site os títulos publicados: http://www.unesp.br/portal#!/noticia/27768/editora-unesp-lanca-dezoito-e-books-para-download-gratuito/   

Mais informações sobre os livros publicados pela Editora Unesp estão disponíveis no site: www.editoraunesp.com.br

Fonte: Revista Galileu



EMPRESA DE GRANDE PORTE SELECIONA: ESTAGIÁRIO EM ARQUIVOLOGIA - CENTRO / RIO DE JANEIRO

EMPRESA DE GRANDE PORTE SELECIONA: ESTAGIÁRIO EM ARQUIVOLOGIA

- Ensino Superior cursando Arquivologia a partir do 3º período.

- Conhecimento: Pacote Office – intermediário. 

- Quantidade de vaga: 1.

- Sexo: Ambos.

- Atividades: Higienização; Triagem; Organização de documentos; Apoio à pesquisa; Arquivamento de documentos; Atendimento ao usuário; Controle de entrada e saída de documentação em planilha através da ferramenta do Excel; Cadastro de dados no sistema; Auxiliar na avaliação de documentos, com base na Tabela de Temporalidade e demais atividades correlatas.

- Competências: Capacidade de iniciativa, comunicação e facilidade de trabalhar em equipe.

 Bolsa: R$ 850,00.

 Local de trabalho: Centro/RJ.

 Horário: 10h às 17h,com 1 hora de almoço;

 Benefícios: Assistência Médica (com co-participação); Vale-Refeição; Vale-Alimentação  e Vale-Transporte.

* Interessados e de acordo com o perfil da vaga, favor encaminhar currículo no corpo do e-mail e informar o período para: selecaogrio@yahoo.com.br, mencionar no campo assunto: ESTG. ARQ.

Concurso público para Professor da UFF - CLASSE A - Edital 212/2017


Concurso público para Professor da UFF - CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE, na área de Conhecimento GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DE BIBLIOTECAS, do Departamento de Ciência da Informação.

O referido concurso será realizado na semana de 18/12/2017 a 22/12/2017.

As inscrições estarão abertas no período de 05/09/2017 a 28/09/2017.

O  concurso foi publicado no Edital 212/2017, em 23/08/2017.

Segue link do sistema de concursos da UFF: https://app.uff.br/cpd/

XVIII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO RIO - 31 DE AGOSTO À 10 DE SETEMBRO DE 2017


SAIBA MAIS NO SITE:  https://www.bienaldolivro.com.br/

Memória da Eletricidade realiza a terceira edição do Preserva.ME - 27 e 28 de setembro de 2017

Evento reunirá, em setembro, especialistas das áreas de museologia e biblioteconomia para discutir memória e preservação de acervos.
“Entre livros e objetos” é o tema da terceira edição do Encontro Nacional sobre Preservação de Memória no Setor de Energia Elétrica – Preserva.ME, que o Centro da Memória da Eletricidade no Brasil realizará, nos dias 27 e 28 de setembro, no Centro Cultural Light, no Centro do Rio. A edição deste ano chama atenção para o papel das bibliotecas, além das novas possibilidades metodológicas para museus do setor, que passam, cada vez mais, a serem vistos como centros integrados de cultura.
Durante o evento, a Memória da Eletricidade reconhecerá, pela primeira vez, as boas práticas empresariais de preservação histórica com o Prêmio de Preservação Mario Penna Bhering. As empresas distinguidas na primeira edição, escolhidas pela equipe do Centro de Referência da Memória da Eletricidade, serão Itaipu - pelos 30 anos do Ecomuseu - e o Grupo CEEE, pelos 40 anos de existência do Museu da Eletricidade. Ainda este ano, a Memória prestará homenagem a César Rabelo Cotrim e a Léo Amaral Penna pela doação de seus acervos à instituição.
O Preserva.ME 2017 receberá especialistas em preservação de memória e profissionais responsáveis pelo gerenciamento de acervos históricos de empresas do setor de energia elétrica. Segundo Leila Lobo, coordenadora do Centro de Referência da Memória da Eletricidade, e organizadora do evento, ele é uma oportunidade importante de motivar as empresas do setor elétrico a cuidarem melhor, e de forma contínua, de sua história. “Procuramos incentivar o desenvolvimento de atividades relacionadas à preservação de memória, recuperação e divulgação de acervos históricos”, explica Leila, ressaltando que com a realização da terceira edição do Preserva.ME, a Memória da Eletricidade cumpre, mais uma vez, o seu papel de agente integrador entre o setor de energia elétrica e as instituições da área de preservação.

Sobre a Memória da Eletricidade
O Centro da Memória da Eletricidade no Brasil - Memória da Eletricidade é uma entidade cultural sem fins econômicos, instituída em 1986 por iniciativa da Eletrobras, e mantida por empresas e órgãos do setor de energia elétrica brasileiro. Seu objetivo é preservar a história da formação e do desenvolvimento da indústria da eletricidade no país.

Sobre o Prêmio de Preservação Mario Penna Bhering
Criado para reconhecer e incentivar boas práticas empresariais de preservação histórica no setor de energia elétrica, o Prêmio de Preservação Mario Penna Bhering homenageia um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do setor elétrico nas décadas de 1960 e 1970. Em sua carreira executiva, Mário Bhering ocupou alguns dos mais importantes cargos nas instituições de referência da área, como Eletrobras, Cemig, Furnas e Cier. Foi o idealizador e primeiro presidente da Memória da Eletricidade.

Sobre o Centro Cultural Light
Pioneiro na Zona Portuária do Rio de Janeiro, o Centro Cultural Light é um dos primeiros espaços culturais da região, contribuindo, desde 1994, para o processo de revitalização do local. Sob responsabilidade do Instituto Light, o Centro Cultural da empresa oferece programação multicultural durante todo o ano e coloca à disposição dos cariocas mais de 5 mil metros quadrados de educação, cultura, cidadania e entretenimento. Exposições, peças de teatro, espetáculos de dança e música, e o Museu Light da Energia: um espaço lúdico e interativo, para aprender e se divertir.

SERVIÇO
O que: Encontro Nacional sobre Preservação de Memória no Setor de Energia Elétrica – Preserva.ME.
Quando: 27 e 28 de setembro, a partir das 9 horas.
Onde: Centro Cultural Light - Teatro Lamartine Babo - Avenida Marechal Floriano, 168, Centro, Rio de Janeiro.

Informações adicionais:  
Ivson Alves e Rayssa Dias: (21) 3590-5972